FANDOM


Imagem.png
Informações
Série

Arthur: Força Elemental

Episódio

Concórdia

Estreia

9 de agosto de 2013

Duração

28 minutos (minutos)

Dirigido por

Artuaii

Escrito por

Artuaii

Anterior

Última Tentativa - Parte 2

Próximo

Além do Conhecido

Discussão

Concórdia é o sextégimo primeiro episódio de Arthur: Força Elemental e o primeiro episódio da terceira temporada (Fight for Survival). Este episódio teve sua data de estreia marcada para 7 de Agosto de 2013, mas teve sua estreia no dia 9 de Agosto de 2013.

Sinopse Editar

Tudo começa em 2016 onde estranhamente a taxa de ataques criminosos eleva deixando a equipe e principalmente Arthur bastante preocupados. Logo após alguns dias, uma nova espécie extradimensional veem à Terra para fazer uma jornada espiritual, os Monomachíes; mas no Alaska um jovem menino foi raptado por animais e a equipe de Apoio vai chegar o que era e acaba se deparando com o começo de um enigma que engloba tudo o que está acontecendo e muito mais.

Enredo Editar

San Diego - 01 de Janeiro de 2016 - 22:12 Editar

O episódio começa com um assalto à banco ocasionado por Fera, Crânio de Titânio e Explosão de Volts que entram no local causando tomutos e medo nas pessoas e fogem com um total de 1 bilhão de dólares em uma maleta e os bandidos vão até o esgoto despistando a polícia. Lá eles correm dizendo que vão na direção do esconderijo e quebram o que estiver no campo. Ao mesmo tempo Multi-Homem chega ao local com um estranho objeto nas mãos e após falar com o policial usa seu Omni-comunicador para localizar os bandidos e então vai até o esgoto e absorve o concreto de lá. Os marginais continuam e Fera está feliz com o dia promissor que teve, mas acaba se chocando com o Multi-Homem que quebra a parede afrente deles. Então começa uma luta corpo-a-corpo entre os três, e quando Multi-Homem derruba Crânio de Titânio e Explosão de Volts usando seus ataques uns contra o outro, apenas resta Fera que ri e logo após derrota o herói. Fera escapa e ri vitorioso, e Multi-Homem fica feliz e pega uma maleta que está com todo o dinheiro, e quando Fera checa sua maleta ele percebe que no meio da confusão, Multi-Homem trocou sua maleta com uma bomba que o explode junto a parte do esgoto.

San Diego - 01 de Janeiro de 2016 - 22:40 Editar

Multi-Homem está sendo entrevistado por muitas emissoras, sendo uma delas a nação Arenga. Os jornalistas perguntam como é ser um herói e ter recuperado o dinheiro: e ele diz que é "algo de sua rotina". Logo na nação Arenga, Will Arenga vê o herói sendo saudado e fala que não dúvida que tenha parte do dinheiro faltando, e questiona como ele sabia que precisaria de uma maleta falsa, e fala que a equipe era apenas um bando de metidos que adoram atenção e que não perderiam chances para fazer mal à Terra.

Torre da Equipe - 01 de Janeiro de 2016 - 22:46 Editar

Arthur, Caio Imota, Danny e Becca estão parados assistindo ao canal Arenga e Danny fala que o Will Arenga está prestes a falir seguindo sua teoria de tentar menosprezar a equipe, Arthur ri e diz que ficou bastante feliz por ter treinado bem o Multi-Homem e diz que gostou da ideia dele, Caio logo já diz que ele está se contradizendo do que havia falado há 3 anos atrás, e ele diz que havia mudado de opinião. Logo Multi-Homem chega e diz que pegou uma bomba emprestada e Arthur diz que gostou do que viu e logo o garoto diz: "até que enfim abriu os olhos" deixando a situação um pouco chata. Logo Danny diz que Arthur poderia ensiná-lo a usar suas 10 formas alienígenas e ele disse que marcou uma seção de treinamento da equipe de Apoio em Kylmyys com Necro e Danny reclama dizendo que nunca vê seu herói em sua própria torre. Xalata aparece e diz que recebeu um novo ataque em Browsville deste vez feita pelos Novos Psicoloucos sem um objetivo exclarecido, e Arthur logo diz que ele próprio irá deter os vilões e obter respostas fazendo Danny ficar bravo e dizer: "Arthur e sua equipe são os únicos que enfrentam os vilões, até mesmo os fracos; deixando a equipe de apoio apenas com treinamentos chatos". Arthur responde que quando chegar a oportunidade ele deixará a equipe agir e parte para o tubo de Teleporte pedindo para Xalata passar as coordenadas. Danny diz que dúvida isso e que está se desepcionando com Arthur, e Arthur sai dizendo que ele estaria comentendo um erro ao achar isto. Caio ri e diz que não estava não, e que Arthur gosta de "comer toda a ação".

Alaska - 02 de Janeiro de 2016 - 04:10 Editar

No Alaska um jovem caçador estava andando com seu pai querendo caçar um animal para aumentar seu estoque, estando empolgado com o resultado das últimas caçadas. Os dois conversam até a ser visto um animal os espreitando. O pai decide deixar o filho caçar sozinho pois achava que ele já estava grande o suficiente e sendo assim o jovem sai correndo e logo acha um urso que foge ao ver a lança e vai até uma caverna e quando o jovem percebe que outro animal estava em suas costas, ele vai logo pegando a lança e apontando para moita e quando rapidamente ataca o animal percebe que não era nada. O jovem repara mais um misterioso animal em uma moita e o persegue pelos longos pastos gelados até se ver cercado por animais e quando ele os ameaça, percebe que eles parecem ser homens e um deles fala dizendo: "este pode servir" e quando o menino tenta fugir desesperado, ele é pego por um deles que estende sua mão o pretendo e é levado gritando por socorro.

Broswille - 01 de Janeiro de 2016 - 23:15 Editar

Voltando à Broswille, os novos Psicoloucos correm pelas ruas da cidade causando confusão e túmuto perseguidos por Arthur (voando sobre o chão); Ácido não perde tempo e cospe sobre uma ponte fazendo-a cair, mas Arthur faz levantar um bloco de terra que a impede de fazer isso. Mortrança admite que Arthur é muito forte e Ácido diz que eles estão sendo pagos para correr e não para questionar, e logo após Arthur pergunta quem está os pagando, e Ácido responde: "descubra você mesmo". O trio despista Arthur e corre em direção oposta a ele, e Mortrança mais uma vez questiona o que eles estão fazendo e Ácido responde mais uma vez a mesma frase. O trio chega até uma avenida e Polegares abre caminho entre os carros. Arthur aparece saindo em cima dos prédios e usa sua aerocinese para se proteger do cuspe do vilão deformado e redireciona o ácido para o lugar onde o grupo estava. Arthur então desce enfrentando Polegares e quando o derrota faz o mesmo com Mortrança e quando chega a vez de Ácido ele pergunta "por que o trio está correndo pelas ruas de Browsville sem rumo" e o vilão responde contente: "logo irá descobrir" e cuspe em Arthur, mas seu ataque é redirecionando e o vilão desmaia.

Os novos Psicoloucos são levados por policiais 12Hs e Arthur está sendo entrevistado por muitos jornais e um deles pergunta se Arthur sabe o por que do aumento de criminalidade repentino e Arthur diz que ainda não mas irá descobrir em breve, e quando o jornal da nação Arenga é destacado, logo a cena volta-se ao canal onde Will Arenga diz: "isso é tudo jogo de cinema, é claro que é fajuto! Aqueles anormais devem ser amigos desse garoto-alienígena dos infernos! Se esse muleque é um herói, isso é só você que decide; mas a verdade por trás do títuto nunca é desmascarada!".

Torre da Equipe - 01 de Janeiro de 2016 - 23:48 Editar

Logo o televisor é desligado e é visto novamente Danny assistindo sentado no sofá com Caio vendo em pé e Danny diz que Will já está falindo com suas críticas ao grupo. Logo Arthur aparece inquieto com o que acabou de ver e Caio pergunta como foi e ele diz claramente que essa história de "aumento de criminalidade" quer dizer alguma coisa que ele não está conseguindo captar, e Caio diz que se for uma "conspiração" como Arthur "poderia estar pensando", algo ruim poderia estar prestes à acontecer. Arthur ainda inquieto busca referência à Xalata que diz que fez uma ánalise e reparou que pelo menos há um mês, os ataques criminosos estão em ascenção estando maiores nos dias atuais. Arthur diz que os novos Psicoloucos foram claramente uma distração, "mas para que?", fazendo Xalata responder que logo iriam descobrir.

Alaska - 04 de Janeiro de 2016 - 15:40 Editar

O caçador procura desesperado seu filho e corre pelos fastos campos de neve em busca dele e nada; até que ele encontra uma pequena poça de sangue em uma moita e reconheçe um pedaço de uma das vestes dele e grita pelo seu filho.

Torre da Equipe - 04 de Janeiro de 2016 - 11:40 Editar

Depois de um tempo, Arthur continua pensativo em sua sala quanto ao acontecido e escreve em um quadro holográfico as posivéis ligações e chega até a pensar em um possível retorno de X-Ninja e nada, e com isso ele se faz pensar que realmente o pior iria acontecer. Na sala de Xalata, Xalata pesquisa os locais para tentar achar ligação é a uma igualdade que tinha é que são todos lugares da Terra, mas estranha todas as ligações, logo uma chamada de urgência aparece em seu visor sendo o caçador de Alaska pedindo ajuda para encontrarem seu filho que foi "raptado por lobos" e Xalata responde que isso tem nada a ver com a equipe, mas ele continua pedindo ajuda e desliga; mas daí Xalata tem uma ideia para aplicar com a equipe de apoio e assim ele chama Arthur e conta do caso e assim sendo Arthur aceita passar a missão para equipe de apoio.

Mais tarde, Arthur reúne os cinco da equipe: Danny, Becca, Jaime, Chad e Jhonny; e passa a missão à eles o que deixa Jaime entusiasmado e Jhonny não perde tempo para se cabar dizendo que já tinha encarrado uma missão parecida antes, quando ficou perdido em uma selva; e assim chama a atenção de todos. Chad diz que provavelmente o menino já poderia estar morto, sendo tal coisa inútil e Danny bravo diz que é uma missão fajuta. Arthur responde que não é, e questiona Danny por ser tão questionador e complementa: "uma missão pedida, uma missão obtida". Danny diz que dúvida disso e vai aceitá-la apenas para provar que não é. Jhonny pede um tempo para pedir uma coisa para sua prima; e logo após um tempo ele entra na sala de instalações e encontra sua prima, Isabella, pedindo uma armadura forte para a missão que Arthur passou. Isabella então oferece sua antiga Techsuit sendo que a armadura de Jhonny ainda não estava pronta, e Jhonny a pega e sai do local, mas antes é alertado que "sua estadia no grupo depende de Isabella, e se ele não se comportar, saíra dele". Sendo assim a equipe de apoio é enviada para o Alaska.

Alaska - 04 de Janeiro de 2016 - 19:40 Editar

A equipe com uniformes no modo inferno chegam no local e acham apenas a poça seguindo as coordenadas, o caçador diz que seu filho saiu há três dias e não voltou e Danny diz que irá achá-lo, e Chad logo complementa: "se ele não estiver morto", assuntando o pai. Chad é questionado por Becca pelo comportamento assustador, e Chad diz que isso era o mais provável mesmo então era bom ele já ficar sabendo. Danny diz que irá se transformar em XLR8 já que a missão iria demorar muito, mas Chad logo o opoem dizendo que poderia captar vida somente com os impulsos pensamentas vindos dela. Logo Chad faz uma busca em um raio de 70 quilometros e nada, e logo diz: "ele está morto, podemos ir para casa"; mas Becca diz que iria chegar a área e sai deixando os homens a sóis. Jhonny diz que quando sempre se preocura alguém deveria ser usados à ecolocalização e usa essa ferramenta na Techsuit e obtém resultados. Jhonny mostra não entender nada, captado o pensamento por Chad ele lê e diz que tem uma construção estranha há 20 quilometros de lá, e Jhonny o questiona: "como não achou" e Chad responde: "só capto vida, não matéria".

Os heróis seguem reto e Becca logo aparece dizendo que não viu nada, mas Danny explica que "a missão fajuta tem uma base secreta" e chegando lá os heróis reparam que o local está repleto de tecnologias e Jhonny repara um setor de armas e sai de perto dos outros. Jaime pergunta à Danny como é usar um Omnirix, e Danny diz que: "é bem legal, se eu soubesse usar". Danny explica que desde quando encontrou o Omnitrix foi proibido de usá-lo, apenas podendo usar as escondidas e nunca entendendo o total de poder do aparelho. Jaime diz que sua história é menos "fantástica", sendo apenas um bom ginasta de sua região; Danny pergunta se isso já não seria bom, pois ele não tinha nenhuma habilidade extra, e Jaime diz que apenas ser bem "flexível" não é tão legal quanto um Omnitrix. Chad pede para os dois se calarem e análisa as ferramentas do local, Becca diz que o local está bem quente e desativa o modo inferno de seu traje, e assim sendo corre para explorar o local. Chad diz que o local está sem vida sapiente e diz que poderiam ir, mas antes que uma ação fosse tomada é ouvido Jhonny correndo gritando: "SALVEM-SE" sendo perseguido por um conductorboid.

O robô grande e poderoso assunta a todos, e Jhonny se esconde atrás de uma caixa. Visto isso Danny diz: "esse é um grande herói" e Chad concorda e o robô analisa os jovens e não os reconhece partindo para um ataque. Danny diz que esse é apenas um jogo, e diz que estão sendo figiados; Chad diz que não há nenhuma vida sapiente por perto e diz que: "à julgar pela fonte de energia aclopada nas costas do robô, ele pertencia à Eletrono". Danny diz que isso só prova sua teoria e se transforma em Astrodáctil e vai ao ataque do robô, mas é facilmente detido. Jaime aproveita para atacar também, mas o mesmo acontece, caindo em Becca que também pretendia fazer o mesmo. Chad tenta atacá-lo mentalmente, mas é acertado por um feixe bruto de eletricidade estática. Danny se levanta e pergunta do que o robô é feito, e logo após Jaime responde: "acho que de aço, pois ele é bem forte", e então Jaime vôa de volta atacando o robô com laser, que é redirecionado e então ele pede para Danny fazer o mesmo e assim sendo o mesmo acontece. Chad tenta paralizar a máquina enquanto Becca o ataca, mas o robô é mais forte. Jhonny por sua vez está escondido chamando por sua prima e nada, e Chad o capta telepáticamente o chamando de covarde por não ir à luta e dizendo que tudo o que ele falou era mentira, e Jhonny responde que "eram situações diferentes". Danny ainda tenta lutar, mas é derrubado e desarma-se (volta ao normal), e assim sendo Becca também é derrotada e por sua vez Jaime tenta acertar um ponto-fraco do robô, mas quando repara que ele não há, é locauteado por outro feixe. Chad diz que não é um treinamento e tenta paralisar mais uma vez o robô e nada, até que é atingido por um feixe. O robô localiza Jhonny quebrando a caixa que o protegia, e desesperado Jhonny aperta vários "botões" da Techsuit e um deles atira um feixe de plasma que é redirecionado pelo robô, e acerta o teto o desabando em cima dele. O robô fica imóvei, e Jhonny se caba de ter derrotado ele. Chad levanta e diz que foi sorte, e Jhonny diz que tem muita sorte. Logo é visto que eles estavam sendo figiados, e quando eles saem de lá, um estranho campo-de-força é acionado sugando todo o ar que o preenche e logo após dois supostos animais aparecem mostrando-se homens, e mesmo que a equipe resiste firme, os cinco desmaiam pela falta do elemento e são levados pelas duas misteriosas criaturas.

New York - 05 de Janeiro de 2016 - 09:40 Editar

Em um belo dia ensolarado várias pessoas passam pelo Central Park. De repente o sol mostra-se mais forte, o vento acelera, e o verde torna-se mais verde; tudo isso gradualmente, as pessoas ao perceberem ficam maravilhadas. Logo a luz e o vento se direcionam para um ponto, onde de repente nave alienígena se teleporta ao local, e um alienígena azul-esverdiado com orelhas pontudas, pele listrada e um traje vermelho e branco sai da nave com um fundo de luz e diz: "saudações terráquios, meu nome é Dyrand Statheróti̱ e vim aqui passar a vocês os novos conhecimentos do além". Todos estranham a presença extraterrestre, mas um outro aparece dizendo para acalmarem, pois não tem o que temer, e o alienígena principal continua: "nós somos os Monomachies, uma avançada civilização originária de outra dimensão, e entre tantos mundos decidimos escolher este para cultuarmos as sementes do conhecimento os quais iram enriquecer muito esta sociedade". Todos tiram fotos e fazem cara de espanto, mas não saem de perto e outro alien sai da nave e de repente uma vã (da S.A.C.T) aparece quebrando tudo pela frente, e dela saem muitos homens treinados que instalam bombas por todo o local e dela também sai tenente Steel que pega um controle e ameaça explodir todo o ponto. Todos se apavoram e os aliens estranham, sendo até mesmo que o principal diz que acha estranho os métodos de Steel, e o mesmo diz que não quer nem saber, pois a área já foi invectada com a presença dos alienígenas e deve ser irradicada antes que isto se espalhe. Meenasihati (o segundo) diz que tal teoria era rídicula, e Steel diz: "somente para você", mas antes que acionasse o botão; um homem de terno aparece e diz: "Pare! Serviço segreto, Agente Terry; sai imediatamente ou será demitido Steel.", e Steel retruca desconfiado sobre a identidade do agente, mas ele prova com seu distintivo e faz Steel e seus homens se retirarem.

Terry olha para Dyrand e pergunta aos aliens quem eles eram, e Dyrand responde: "nós somos os Monomachíes, uma espécie extradimensional cujo a civilização já chegou no máximo da ascenção alcansável e viemos ao planeta para ajudá-lo a fazer o mesmo"; Terry então pergunta: "por que a Terra?" e Dyrand responde: "de todos os planetas da dimensão A, nós sintimos que a Terra é o planeta em que nós podemos enfim continuar nossa missão espiritual entre dimensões" e Terry pergunta sobre a missão e Dyrand responde que os Monomachíes escolhem apenas 1 planeta para ajudarem a crescer em cada dimensão, e com isso eles mesmos aprendem novas teorias e novos custumes para evoluírem ainda mais "extravagando os limites". Terry diz que pretende conversar a sóis com o líder da frota que pretende fazer isto a sóis, e passa coordenadas para uma reunião, e Dyrand diz que estarão lá e também diz: "boa aproveitação da luz do Sol" e sai com sua nave também por teleporte, e todos os presentes mostram-se impresisonados com o que viram, e o mesmo com Terry que sai do local.

Torre da Equipe - 05 de Janeiro de 2016 - 19:40 Editar

Direto na nação Arenga, Will Arenga diz com felicidade: "salvadores de outra dimensão pousaram na Terra hoje! Isso mesmo, os Monomachíes; diferentemente de todos os alienígenas que já vi, estes sim mostraram ser bons, e vieram a Terra para nos ajudar a crescer a melhorar nossos problemas apenas pela sensação de estar ajudando, isto é heróismo! Não um garoto que fala que é herói e esconde outros por trás; vejam as últimas da emocionante novidade aqui na Nação Arenga! Caio desliga o televisor e lembra de Danny e seus comentários, e vai até o andar particular de Arthur o ver, e o mesmo tenta rastrear os Omni-comunidadores dos heróis enviados e nada, e quando Caio se aproxima Arthur pergunta deles, e Caio diz que não voltaram ainda. Arthur diz que foi burrice enviá-los lá, e nem mesmo um esquadrão de busca os encontrou, e disse que agora tudo ficou mais complicado, principalmente com a estranha possível ligação dos Detonadores com os Psicoloucos. Caio diz para Arthur se alcaumar, pois nada se resolve "de cabeça quente", e Arthur diz que vai ele mesmo atrás da equipe de Apoio. O Superomnitrix de Arthur é acionado para uma ligação, e ao atender, quem fala era ninguém menos que Luciano que pede ajuda a Arthur para resolver uma situação. Quando Arthur pergunta o que era, Luciano diz que ele e mais seis pessoas fizaram uma reunião com os Monomachíes, que decidiu que os aliens iriam se aliar à Terra, mas ele sentiu algo errado na sala e culpa os Monomachíes por isso e descobriu apenas o nome do planeta natal dos Monomachíes, e queria que Arthur fizesse um reconhecimento com sua equipe do local. Arthur aceita, embora pede para os 12 Heróins o ajudarem a procurar os membros da equipe de apoio perdidos no Alaska, e Luciano aceita e passa o nome do planeta: Pagsalakayorgan Isadong; mas não conseguiu as coordenadas tornando o trabalho mais difícil, e diz que no que precisar pode contar com ele. Luciano desliga e Caio comenta se foi uma boa ideia isso, e Arthur diz que uma missão fora de situação poderia ser bom para "esfriar a cabeça".

Nave de Exploração Monomachíe - 06 de Janeiro de 2016 - 01:15 Editar

Em um lugar desconhecido, Danny acorda preso junto com os outros e sente fome, ele checa para ver se tem alguém acordado, e somente Chad e Becca estão. Chad diz que sente alguma atividade estranha, mas não sabe o que é, mas diz que tem vida sapiente no local; Danny pergunta como foram parar ali, e Becca diz que tudo o que lembra é de uma "auróra de luz azul claro" e então desmaiou. Jaime acorda agitado, mas se acalma após um tempo e pergunta onde estão, e Chad diz que não sabem; Danny diz que pode ter um mecânismo que solta as "correntes" que os preendem, e Chad diz que não sente nenhuma tecnologia evetiva lá, sendo tudo controlado pelo pensamento, mas seu é dado como inválido; Danny estranha tudo, e diz que ele vai os tirar dali e aciona Bala de Canhão pelo comando de voz que escapa e usa suas unhas para soltar as "correntes" e soltos os heróis prosseguem pelo local sem saber de nada e se derraparam com bastante soldados andando por uma sala de computadores estranhos, e quando um deles os vê e alerta aos outros; ele fogem correndo buscando uma saída.

Em outro canto da nave, está Dyrand descansando ao lado de Dulcisuritia, e a mesma pergunta como foi a "inteiração com os terráquios", e Dyrand diz que foi fácil, mas foi cansativa. Ele diz que sentia muita agitação mental nos sete agentes que vieram representar o planeta, e diz que eles estavam combinando telepáticamente entre si o que iram fazer, mas "por sorte" eles acabaram cedendo a os deixar participar de algumas ações do planeta, sendo mais um passo a missão. Ele diz que iria conversar com Eletrono sobre as forças do planeta e Dulcisuritia diz: "os humanos parecem ser apenas sacos de carbono, não vão causar problemas, nem vão perceber quando nós iremos agir"; e Dyrand responde que o planeta conta com um herói afluente em toda a dimensão que pode ser uma ameaça e Dulcisuritia diz que "nada é uma ameaça aos Monomachíes". Dyrand sente algo estranho, e diz que tem que ir à sala de transfusão energética e Dulcisuritia diz que vai junto para "evitar o que aconteceu da última vez", e Dyrand então pede para contatar toda a assembléia.

Os heróis vão até exatamente a sala de transfussão energética, e Chad usa uma suposta mesa para segurar a porta e Danny diz que agora estão presos ali, e diz que não tem saída; Chad sente algo estranho se aproximando e ouve vozes estranhas em sua mente dizendo: "você deve ir em bora Chad, é importante de mais para ficar preso com estes quatro; siga enfrente e ataque os soldados sem medo, só assim irá sair vivo"; Chad pergunta telepáticamente: "quem está falando!" e a voz responde: "a razão". Chad fica em dúvidas nisso, e a força em seu pensamento diminui o suficiente para fazer com que os Monomachíes entrassem, e sete entram. Dyrand vê os humanos e se pergunta: "como pode ser?" e Dulcisuritia diz que estes humanos foram pegos vasgulhando uma base no Alaska e Chad pergunta quem eles eram, e Dyrand diz: "a última coisa que veram!". Danny vai em cima de Dyrand, mas é socado tão forte que acaba sendo eletrocutado em um dos tubos de energia distantes; Jaime prossegue a um ataque voatório, mas é barado por P'rrepat Ginium que surge de um vórtece azul escuro e o chuta no ar; Becca vai em cima de P'rrepat, mas é acertada por Dulcisuritia que a detêm com um soco "auto-deformado", ou seja, ela mesma alterou a forma de seu punho e o aumentou para ter mais força. Danny volta ainda como Bala de Canhão e Dulcisuritia percebe que apenas tem quatro humanos lá, e pede para verem onde está o quinto. Chad tenta impedir P'rrepat de sair, mas ele sai de outro vórtece azul e Chad é detido por Menasihati que o prende no ar e o solta o mandando à distâncias. A voz continua: "Chad, não seje burro, aproveite para fugir agora! Ou tem medo de fazer isso e ser mal visto pelos seus amigos?"; Chad diz que não tem medo, e a voz diz: "Prove!"; S'lda Continere prende Chad em um campo de força e Becca volta do chão e forma um círculo de velocidade em volta de Dulcisuritia e diz: "quero ver agora tentar me bater" e mesma muta seus braços os totnando mais fortes e causa um pequeno estrondo de energia cinética que manda Becca para bem longe, e Bala de Canhão ainda está indo em direção à Dyrand, mas é detido por socos-múltiplos do mesmo, que mostram ser bastante fortes. Quanto o vilão para, Danny já está desarmado e inconsciênte, e Dyrand diz: "levem-os daqui, e procurem o quinto", P'rrepat volta dizendo que o quinto foi deixado para trás ainda não prissão desmaiado no chão; e os vilões levam de volta os heróis para outra prissão na nave enquanto Dyrand fica desconfiado de algo.

Torre da Equipe - 06 de Janeiro de 2016 - 05:40 Editar

Na torre da Equipe, Xalata perece termina de vasculhar a área usando como base a possível interferência temporal causada pela nave Monomachíe e detectada por sensores sensíveis dos 12 heróis, e com isso ele utiliza Orbs para reútilizar o primeiro teleportador criado por ele e passando as seguintes coordenadas, tem uma pequena noção de onde é o planeta. Arthur pergunta se está pronto, e Xalata diz que está quase e Luciano diz: "quanto mais cedo sabemos a verdade sobre os Monomachíes, mas tempo teremos para agir" e Xalata diz se seria uma boa ideia fazer isto, e Luciano diz que sim. O portal é aberto, e Xalata diz que apenas um pode entrar, e nem sabe se é seguro; Arthur diz que irá que veste um traje especial e passa pelo portal; e ao olhar para o outro lado, vê um buraco negro a sua frente...

Grandes Eventos Editar

Personagens Editar

Transformações usadas Editar

Danny Editar

Vilões Editar

Continuação Editar

Curiosidades Editar

Citações Editar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória